Toyota anuncia investimento de R$ 1 bi para a produção de novo modelo no País

04/10/2017 - Monacelli

Toyota

A Toyota anunciou investimento de R$ 1 bilhão na fábrica do grupo em Sorocaba, interior de São Paulo, para a produção do Yaris, modelo de médio porte que vai se posicionar entre o compacto Etios e o sedã Corolla. A fabricação terá início no segundo semestre de 2018 e vai gerar 500 novos empregos, 200 dos quais pelos fornecedores de componentes que atuam ao redor da planta fabril.

Esse é o segundo anúncio de investimento da marca japonesa em menos de um ano. O anterior foi de R$ 600 milhões, para a ampliação da capacidade produtiva da fábrica de motores em Porto Feliz (SP), de 108 mil para 174 mil unidades ao ano, a partir de 2019. Desde 2012, o grupo investiu R$ 4,2 bilhões no País.

O anúncio foi feito na fábrica de Porto Feliz – inaugurada em maio do ano passado -, em cerimônia que marcou o início das obras de ampliação da linha, que exigirá um novo prédio.

“A fábrica de motores, inaugurada no ano passado, é a mais moderna do grupo no mundo”, diz o presidente da Toyota no Brasil, Rafael Chang. Ele ressalta que, além dos novos aportes, a empresa “não demitiu nenhum funcionário durante o período de retração do mercado”. O grupo emprega atualmente 5.850 trabalhadores em quatro unidades.

As fábricas de Indaiatuba, onde é produzido o Corolla, a de Sorocaba, que hoje faz apenas o Etios, e a de motores operam com capacidade plena, em dois turnos, informa Chang, que assumiu o posto no início deste ano. “Dependendo da recuperação do mercado, vamos avaliar se precisaremos de um terceiro turno”.

O Yaris é produzido na China, em Taiwan, na Tailândia e na França. No Brasil será desenvolvida uma nova geração do modelo que ainda será lançada globalmente. Terá versões hatch e sedã e terá entre seus principais concorrentes o novo Polo e o Virtus (que chegará ao mercado no início de 2018), ambos da Volkswagen, e o Argo, lançamento recente da Fiat.

Chang citou ainda as perspectivas com o Rota 2030, novo programa automotivo que substituirá o Inovar-Auto. “Tenho certeza de que será ainda mais importante para a indústria brasileira, pois trará diretrizes relevantes para o setor focadas em tecnologia e eficiência energética, permitindo maior competitividade dos nossos produtos.”

Apesar de o novo programa favorecer modelos menos poluentes, como o híbrido Prius, Chang afirma que a produção desse modelo ainda não está prevista para o Brasil, embora há estudos de sua viabilidade.

De janeiro a agosto a Toyota vendeu no mercado brasileiro 123 mil veículos, 3% a mais que em igual período do ano passado. O mercado total de automóveis e comerciais leves cresceu 5,9% no período, para 1,382 milhão de unidades. A participação da marca nas vendas saltou de 3,1% em 2012 para 8,6% neste ano.

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo

Arquitetura Brasil Built to Suit CNI Crescimento Economia Entrevista Galpões Governo Imóveis Investimento Locação Marcel Monacelli Marcel Monacelli Arquitetura Mercado Monacelli News Rio de Janeiro Setor imobiliário Shopping Shoppings São Paulo Transporte Valor Valor Econômico
  • @marcelmonacelli

  • Alguns Projetos

  • © 2011 MARCEL MONACELLI ARQUITETURA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.